Prefeitos da AMZOP pedem flexibilização para pequenos comerciantes

Lockdown isolado também foi colocado em pauta como sendo ineficaz

De forma unânime, os prefeitos de todos os municípios da região da Zona da Produção sugeriram a publicação de uma nota, solicitando que haja flexibilização em alguns setores do comércio em cada cidade. Em reunião virtual desta quarta-feira, 10, houve também a presença de coordenadores regionais de Saúde, que apresentaram os alarmantes números da pandemia.
Segundo a maioria dos mandatários, é im

por

tante que se mantenham as restrições, tendo em vista o acelerado contágio da nova cepa do coronavírus,

por

ém é necessário olhar especial ao pequeno comerciante, que, segundo a opinião dos gestores, sequer tem grande número de funcionários ou até clientes, ao mesmo tempo, circulando pelo estabelecimento.
Há quem defenda uma padronização do decreto, sugerindo a abertura integral ou lockdown total em todo o Estado. A afirmativa se faz em função de que, para alguns mandatários, é irrelevante realizar o protocolo mais rígido em um determinado município, impedindo circulação de qualquer ordem, já que os cidadãos poderão acabar saindo da cidade, indo para locais vizinhos. “O tiro pode sair pela culatra”, ressaltou o prefeito Debastiani, de Sarandi.
Em breve, o governador tomará conhecimento das reivindicações e poderá atuar em relação ao que foi sugerido. O que se sabe é que dificilmente, pelo menos se mantido o quadro atual, o chefe do Piratini permitirá que o modelo de cogestão volte a funcionar.
O Presidente da Amzop, prefeito de São Pedro das Missões Antônio da Silva, levará os pleitos da associação na reunião que deverá ocorrer envolvendo a Famurs e o Governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *